Produzindo e fornecendo ao mundo LNG Angolano de forma segura

Gasodutos

 

Uma extensa rede de gasodutos de mais de 500 km abastece de gás a fábrica de processamento e liquefacção do Soyo, a partir de campos de petróleo offshore.

A rede de gasodutos transportará inicialmente a matéria-prima a partir de Blocos 15, 17 e 18. Está em construção o gasoduto submarino para fazer a ligação da fábrica do Angola LNG com os Blocos 0 e 14, situados ao norte do rio Congo. A seu tempo, o Angola LNG pretende ligar a rede de gasodutos com os blocos 31 e 32, bem como com as áreas de jazidas de gás não associado nos Blocos 1 e 2.

A rede de gasodutos é propriedada da Sonangol E.P. e é operada pela Sociedade de Operações e Manutenção de Gasodutos (SOMG) uma empresa criada para o transporte de gás dos blocos para a fábrica em terra.

Uma vez em terra, o gás proveniente de diferentes blocos passa por uma estação de medição, antes de entrar no fluxo geral de alimentação para limpeza e processamento.